terça-feira, janeiro 20, 2009

A TURMA (ENTRE LES MURS) de Laurent Cantet

Sinopse: François é um jovem professor da disciplina de francês de uma turma do 9º ano. Numa escola que está longe de ter o ambiente ideal, François investe num exercício em que provoca os seus alunos a entrarem em estimulantes debates, nos quais o uso da palavra é por si só um desafio. O professor procura desta forma superar um relacionamento nem sempre fácil com Esmeralda, Souleymane, Khoumba entre outros, ensinando-lhes ao mesmo tempo o poder da palavra na defesa dos direitos de cada um. Mas a aprendizagem da democracia por vezes também pode envolver alguns riscos...

Actores: François Bégaudeau, Nassim Amrabt, Laura Baquela, Cherif B. Rachedi, Juliette Demaille.

Ano: 2008

6 comentários:

lmjv disse...

“É um filme a vários níveis estimável (...) Perguntamo-nos, porém, se A TURMA, após tanto alarido, sobreviverá ao tempo.”
Francisco Ferreira, Expresso


“(...) muito provavelmente o melhor filme de 2008 (...) Brilhante.”
Gonçalo Frota, Sol


“(...) o filme de Cantet é bem vivo, genuíno e universalista. Com a clareza da sua câmara e a simplicidade que só os grandes autores podem aspirar.”
João Antunes, Premiere


“Fascinante e actualíssimo.”
João Lopes, Diário de Notícias

lmjv disse...

Magnífico filme este "Entre Les Murs". Ontem à noite assistimos a uma bela sessão de poesia visual, um filme de uma beleza rara, completamente desprovido de artifícios cénicos, visuais ou sonoros. Assim se prova que se continuam a fazer filmes brilhantes com uma simplicidade incrível, só possível graças a uma notável realização. Acho extraordinário o facto de este filme não ter banda sonora (não lhe sentimos falta) e no entanto conseguimos sentir todas as emoções, tensões, ambientes, geralmente transmitidos através de efeitos sonoros, musicados ou não. Percebo facilmente a atribuição da Palma de Ouro a este filme porque é de facto um excelente filme.
Não tenho quaisquer dúvidas em dar-lhe pontuação máxima (5 pontos).

Rui Luis Lima disse...

Olá!
Laurent Cantet que já tinha surpreendido tudo e todos com esse filme fabulosos intitulado "O Emprego do Tempo", volta a dar cartas com esta nova película "A Turma", uma obra que deveris ser vista pelos professores e alunos, porque todos eles teriam certamente muito a aprender.
Abraço cinéfilo
Rui Luís Lima

geocrusoe disse...

Para além da excelente realização, não tinha dado pela ausência da banda-sonora, mas apercebi-me do posicionamento da câmara onde por vezes tínhamos a perspectiva do professor sobre a sala, noutras colocava-nos no banco do aluno e por vezes permitia-nos ver de fora. Embora não seja um filme muito fácil para algumas pessoas e possa deixar alguma angústia sobre o comportamento dos mais jovens e das dificuldades dos professores, o filme encerra várias mensagens escondidas de esperança nestes alunos e isso foi um dos aspectos que mais me chamou à atenção.
Uma questão, gostaram da imagem que cantet deu do português?

Aurora disse...

Olá!

Um magnífico filme que, penso eu, sobreviverá sim ao tempo. Porque é um filme honesto e livre de artifícios, será sempre um retrato autênticode uma realidade. Quer essa realidade se mantenha quer se altere completamente, este será sempre um testemunho fiel, sendo até talvez mais fiel do que se fosse um documentário.

Geocrusoe, a imagem do português, goste-se o não, é a imagem que muitos miúdos portugueses dão em França... e como é um personagem pouco relevante, um pouco de estereotipização dá-lhe mais relevo do que se ele fosse simplesmente normal pois aí nem daríamos por ele!

abraço
aurora

tomas disse...

gosto tanto de filmes sobre pessoas!
a escola é uma mini sociedade e este é um filme sobre pessoas

principalmente quando os actores estão a ser pessoas
não estão a representar

neste filme ninguém nos tenta enganar
nem os actores, nem o realizador, nem o montador ou o argumentista

http://www.estranho-amor.blogspot.com